VERSÃO IMPRESSA

Tempo de renovação

01:30 | 28/07/2018

Eugênio Pacelli

correiaeugenio@hotmail.com

Padre e mestre em Teologia

 

O filósofo pré-socrático Heráclito afirmava que ninguém toma banho no mesmo rio duas vezes, pois, na segunda vez o rio já não é o mesmo, tampouco a pessoa. Com isso, o grande Heráclito afirma que tudo flui e segue seu ciclo natural. Os momentos são sempre únicos e as águas da vida não mais retornarão, porquanto, já fluíram. Os momentos e as pessoas não mais se repetirão. Daí a necessidade de vivermos intensamente cada segundo da existência.

 

Esta reflexão é propícia para tempos de renovação. Sempre que iniciamos um novo ciclo, alimentamos nosso coração de sonhos, projetos e propósitos a serem realizados. Porém, na correria e na agitação diária, os sonhos dão espaço ao desânimo, e os propósitos às cobranças pessoais, que nos sufocam e tiram o foco do essencial. O que nos impede de viver cada momento intensamente é que, no presente, vivemos presos ao passado ou preocupados com o futuro. Quem vive preso ao passado, nem vive o presente e nem projeta o futuro, esperamos sempre pelo amanhã o que pode acontecer hoje. Vivemos e sofremos por antecipação. Jesus já nos advertia: a cada dia basta sua preocupação.

 

Santo Agostinho afirmava que nossa eternidade será a soma de momentos intensos vivenciados até aqui. Momentos vividos com intensidade que já deixaram marcas do eterno em nós. Momentos nos quais amamos e fomos amados, momentos que construímos e nos deixamos construir, momentos em que o coração amou, por isso, eternizou.

 

A segunda metade do ano já começou. Estamos mergulhados num contexto social, político e econômico que parece favorecer o desânimo e a tristeza. Deus é Pai do ânimo, o diabo do desânimo, que tira de nós todo sonho e toda ousadia. O desanimado é refém do seu próprio medo, já não ousa, não arrisca e nem sonha. Sempre é tempo de recomeçar, redefinir metas e "faxinar" o coração de tudo que é empecilho para pensar alto e alçar voos em direção à meta desejada.

 

TAGS