VERSÃO IMPRESSA

A saúde em jogo

01:30 | 04/07/2018


Eduardo Vasconcelos

eduevf@hotmail.com

Médico do esporte e cirurgião de joelho


A Copa do Mundo tem mostrado como as lesões são um assunto sério. Vale lembrar que os quadros de lesões não são exclusivos do futebol. Crossfit, corrida, zumba e todas as outras atividades físicas precisam de certos cuidados para ser aproveitadas ao máximo e evitar assim eventuais problemas, resultando até mesmo no afastamento da sua rotina de trabalho e de lazer.


É fundamental a avaliação de um médico e acompanhamento regular, a fim de confirmar que você está apto a praticar a atividade escolhida, pois cada pessoa tem suas limitações e a individualidade de cada um deve ser respeitada e ajudar na escolha da melhor atividade. Também é importante a avaliação com o profissional de educação física, aliada a uma dieta adequada com um nutricionista.


Ao começar uma atividade, é preciso ter em mente que a evolução é gradual e lenta. A programação dos treinos ajuda a melhorar o desempenho e otimizar os resultados, sempre deixando o tempo adequado de descanso para a recuperação muscular. Respeitar seus limites é uma obrigação com você mesmo.


Estudos mostram que a realização de alongamento por pelo menos cinco dias por semana, durante cinco minutos por semana, pode ser benéfico para promover melhorias na amplitude de movimento.


Você que joga futebol ou pratica crossfit, por exemplo, também deve ter um treino de fortalecimento muscular direcionado para sua atividade, pois isso melhora seu desempenho e previne lesões. Esse fortalecimento pode ser feito através da musculação ou de treinos específicos para esse fim.


Regularidade nos treinos é palavra de ordem. Não adianta treinar exaustivamente em um único dia pra compensar duas ou três faltas nos treinos, pois isso vai fadigar sua musculatura, podendo gerar lesões sérias.


Em casos de lesões de qualquer natureza, não só, por exemplo, como na do Daniel Alves, onde a ruptura do ligamento cruzado anterior gera uma instabilidade do joelho, sendo necessária a reconstrução cirúrgica desse ligamento, você não deve postegar a consulta com seu ortopedista de confiança ou médico do esporte. Vamos lembrar que o esporte é vida e deve fazer parte da sua de maneira consciente.

 

TAGS