VERSÃO IMPRESSA

O POVO é história de 24/05/2018

01:30 | 24/05/2018

Há 70 anos
1948. RETORNO
 

Regressa o Gal. Otávio Paranhos

Viajando por via aérea chegara hoje a Fortaleza procedente do Rio de janeiro para onde seguirá nos primeiros dias deste mês, o exmo Sr. General Otavio da Silva Paranhos, comandante da 10ª Região Militar. S. excia., que conta nesta capital vasto circulo de amizades, será recebido no aeroporto pelas altas autoridades civis e militares.


1948. SAÚDE
 

Uma maternidade em Iguatu

Iguatu – O ilustre deputado dr. Paulo Sarasate acaba de comunicar aos seus amigos e correligionários políticos desta cidade haver obtido do exmo. Sr.diretor do depart. Nacional da Criança uma verba destinada a construção de uma maternidade nesta cidade, já tendo sido reservada para o inicio dos trabalhos a quantia de oitenta mil cruzeiros.
 

 

Há 80 anos

1938. GUERRA
 

Possibilidade de uma guerra européa

Praga – O chefe do gabinete, Sr. Hozda asseverou que, se a Tcheco-Slovaquia está disposta a conceder no que é justo a respeito das minorias, tambem se acha resolvida a defender-se se houver necessidade. Acrescentando: <<Passou o período de idilio, estamos num período de luta e devemos estar preparados para a guerra>>.


1938. ACIDENTE
 

Colhido por um automovel

A’s 7 horas de ontem, foi vitima de um atropelamento Cicero Moreira Barreto, proprietário de uma banca de cereais, no mercado de frutas. A’quela hora, dirigia-se a seu trabalho pela calçada da igreja da Sé, quando, ao atravessar a rua, foi subitamente colhido por um automovel. A vitima ficou sem sentido, depois deu parte do ocorrido.
 

 

Há 90 anos

1928. DIREITO
 

Lopes Gonçalves e o voto feminino

Rio, 24 – Lopes Gonçalves tratou da questão do voto feminino. Partidario embora do feminismo, acha o orador que alguns estão cahindo em confusões. Para ele, pode-se ser cidadão, accentuou, sem ter direitos políticos. Rebateu o parecer de Clovis Bevilaqua, declarando que não há direitos políticos implícitos.


1928. ENTRETENIMENTO
 

O serão no salão de Juvenal Galeno

O salão de Juvenal Galeno abrir-se-á às 20 horas para mais um de seus distinctos serões literários, o primeiro depois da chegada da senhora Julinha Galeno de Santanna. O programa está sendo caprichosamente organizado pela exma. senhorinha doutora Henriqueta Galeno e constará de vários números de musica, declamação e humorismo.

TAGS