VERSÃO IMPRESSA

52 anos de Zootecnia no Brasil

01:30 | 14/05/2018

Danilo de Araújo Camilo

opiniao@opovo.com.br

Conselheiro do CRMV-CE e zootecnista.


No dia 13 de Maio de 2018 a Zootecnia comemorou 52 anos no Brasil. Tendo como berço a cidade de Uruguaiana, na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), nasceu como profissão no ano de 1966 para atender à demanda do avanço e modernização da agropecuária no País. Em 1994, desembarcou no estado do Ceará com o primeiro curso de graduação na Universidade Estadual Vale do Acaraú, em Sobral. Foi posteriormente estabelecido em Fortaleza, na Universidade Federal do Ceará em 2000. Atualmente, existe em quatro cursos de nível superior no CE, e nos municípios de Crato, Região do Cariri; e Crateús, no Sertão de Crateús; através dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia.


O Zootecnista é o profissional que atua na criação dos animais domésticos em todos os seus ramos e aspectos, destacando-se nas áreas do melhoramento genético e no manejo nutricional e reprodutivo. Outras áreas emergentes na Zootecnia são no manejo de animais silvestres e exóticos e criação de animais de companhia, esporte e lazer, buscando o bem-estar e equilíbrio nutricional. Ele desempenha ainda atividades na agroindústria de produtos de origem animal, em todos os seus estágios de produção. No Ceará, os profissionais têm se destacado principalmente no balanceamento de dietas para animais, na elaboração de projetos e na assessoria técnica a empreendimentos.


A relação do profissional com a produção animal transcende os limites técnicos enquadrando-se em uma visão holística da interação homem-animal-ambiente. Assim, o zootecnista desenvolve novas biotecnologias buscando o aumento da produtividade animal, sem desconsiderar as questões socioeconômicas do indivíduo, o bem-estar animal e o equilíbrio ambiental.


Os desafios político-profissionais estão sendo superados e o zootecnista vem conquistando espaço e reconhecimento no mercado de trabalho. Assim parabenizo, em nome do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado do Ceará (CRMV-CE), todos os zootecnistas pelo 13 de Maio e contribuição deles no crescimento do agronegócio do País.

 

GABRIELLE ZARANZA

TAGS