VERSÃO IMPRESSA

Cultivai a esperança

01:30 | 24/03/2018

Aos poucos, vamo-nos dando conta de que nossa vida vai passando por transformações, mudanças a perder as contas. Na verdade, vale tão só aquilo pelo qual a vida ganha sentido. Para tanto, vamos assumindo, intuindo, discernindo o que, afinal de contas, vale viver (nem sempre por maneiras certas, nem sempre por maneiras tortas). Há que se lembrar: no final, somente o amor resistirá a qualquer mudança, só ele permanecerá, só ele o tempo jamais apagará.


Aos poucos, nós vamos percebendo que, se em algum momento de nossa vida, estávamos começando a desistir, ou mesmo desistindo, a graça, a tempo, veio nos alcançar, e a esperança que não decepciona, se posta em Deus, depressa veio nos socorrer, de modo que, por termos acreditado, o Senhor Deus não nos faltou.
 

Aos poucos, vamos esvaziando a alma ou a mente daquilo que com Deus não pode combinar, a vida vai tomando um rumo diferente daquele que até então vinha seguindo, e, sendo obra do amor que nos está acontecendo, mudanças vão surgindo, o nosso coração vai antevendo, e a mente vai intuindo que algo de novo está surgindo, um novo tempo está começando. A esperança, que, de nós, andava tão afastada, vai voltando ao ponto de onde nunca deveria ter partido.
 

É preciso, então, cultivar a esperança. Não há lugar para ânsias, o tempo da espera está quase no fim, e o que, dantes, para nós, parecia impossível, agora, já se conta como bem provável, porque o Senhor assumiu a nossa causa e nos fez sinal do amor que não esconde alegria. Pois não fomos deixados à revelia. Um novo tempo está nascendo. Os campos estão florindo. 

 

O que hoje estamos plantando, em breve, estaremos colhendo, e a graça será aliada da esperança.


Ainda que longa tenha sido a travessia, dela será o canto do novo dia que já começa a raiar. O Senhor tem sido fiel e, nestes tempos de agora, ainda permanece. Não vale esmorecer, entregar-se, mas integrar-se, porque valeu a espera. O Senhor está lá fora e, em breve, o dia vai chegar.

 

Padre Airton Freire
padre.airton@fundacaoterra.org.br
Presidente da Fundação Terra 

TAGS