VERSÃO IMPRESSA

Criticar o jornalismo

01:30 | 07/03/2018


Realizamos em fevereiro a primeira reunião do novo Conselho de Leitores do O POVO. Os 16 conselheiros, selecionados em votação interna pelos editores do Grupo, são convidados mensalmente a um diálogo sobre o modo como praticamos jornalismo. Nossas pautas, coberturas, posições. No impresso e no digital. Falhas e acertos. Afinal, rever hábitos — a partir de uma visão externa — é fundamental para um ofício que ainda não encontrou seu lugar na nova configuração do acesso à informação. 


Reunir gente de perfis tão distintos quanto um empresário e uma estudante de Letras para uma conversa de duas horas sobre jornalismo reacende a paixão de qualquer profissional da área. Seres de paixão vacilante que são, jornalistas precisam desse estímulo. É quando deixamos de lado as queixas sobre mercado saturado e salários baixos para perceber — graças aos nossos leitores — que somos elementos imprescindíveis neste panorama de crise da confiança.
 

Trata-se de um exercício de ouvir o povo — e aqui não falo de se submeter à lógica dos likes, de dar ao povo o que o povo quer ter, do populismo intelectual que compromete boa parte das redações sobreviventes. Nosso papel é detectar, no inconsciente dos discursos reproduzidos pelo público, as lacunas de formação e informação. O que nos diz uma sociedade mais interessada em memes que na sua própria política? O que está por trás de uma audiência que prefere vídeos de gatinhos a análises de cenário?
O jornalista está diante de um desafio duplo e discrepante. Se por um lado precisa ter reafirmado seu papel de agente essencial para as garantias democráticas — com melhores salários, maiores incentivos, novas oportunidades e garantias —, por outro precisa assumir que, nessa busca por renovação, vem cometendo mais erros que acertos. É necessário implodir com nossa vaidade para construi-la novamente.
 

Que os membros do Conselho de Leitores nos ajudem a encontrar as melhores rotas para essa renovação. E que colaborem com o fortalecimento das estratégias que dia após dia criamos para manter vivo o jornalismo.

 

Jáder Santana
jader.santana@opovo.com.br
Editor do O POVO e coordenador-ajunto do Conselho de Leitores

TAGS