VERSÃO IMPRESSA

Padin: a voz e a vez das famílias e das crianças

01:30 | 26/02/2018

O Investir na primeira infância é consenso entre estudiosos do desenvolvimento infantil, como forma de combate à desigualdade social. Acreditando nessa premissa, o Governo do Estado instituiu o Programa Mais Infância Ceará com o propósito de englobar as etapas do desenvolvimento infantil, em uma atuação multidisciplinar baseada nos pilares Tempo de Aprender, Brincar e Crescer. No último pilar, que foca na formação dos profissionais, educadores e familiares, está inserido o Programa de Apoio ao Desenvolvimento Infantil - Padin, uma importante ação desenvolvida pela Secretaria da Educação do Estado do Ceará, que objetiva dar às famílias sem acesso às creches condições de participar no desenvolvimento de suas crianças. Ele visa a sustentabilidade do desenvolvimento integral das crianças de zero a três anos e 11 meses de idade, considerando as vivências e o meio sociocultural, sem a pretensão de substituir a educação infantil.
 

O maior objetivo do Padin é fortalecer os vínculos familiares e da competência da família como a mais importante instituição de cuidados na educação da criança. As relações entre os pais, cuidadores e crianças são imprescindíveis para o desenvolvimento infantil, sendo as visitas domiciliares fundamentais para promover intimidade com os pais e permitir que eles fiquem mais à vontade em relação a dinâmica familiar possibilitando aos visitadores identificar situações de dificuldades ou problemas e propor ações direcionadas à necessidade específica das crianças e das famílias.
 

O Padin abrange os 36 municípios identificados com maior percentual de famílias em condições de vulnerabilidade social e conta com o financiamento do Banco Mundial que ora realiza a avaliação para mensurar o impacto do programa. Foram capacitados 398 profissionais e 3145 crianças atendidas de 2960 famílias. Amanhã finalizaremos a última etapa da formação dos agentes de desenvolvimento infantil e, pelo notório sucesso do programa, promoveremos a ampliação para mais 15 municípios, na certeza que é um caminho para transformações significativas no desenvolvimento das nossas crianças.

 

Onélia Santana
Primeira-dama do Ceará

TAGS