PUBLICIDADE
Jornal

Artigo - Pedro Henrique Chaves Antero: "Venezuela e seus tentáculos"

10/08/2017 01:30:00
A partir dos últimos episódios políticos na Venezuela, temos a convicção de que Maduro tenta implantar a ditadura, do tipo cubano, em seu país. O início dessa caminhada, aliás, data da época do presidente Chávez, amigo pessoal de Lula e companheiro de ideais. O Foro de São Paulo, criado pelo PT e mantido por uma corrupção devastadora, foi, sem dúvida, um forte aliado da política chavista e um instrumento para congregar os governos esquerdistas do continente.

 

Neste momento, não sabemos ainda se a força política e militar de Maduro levará a termo o seu propósito de extinguir a democracia, como fizera outrora Fidel Castro, em Cuba. Ele conta, no momento, com a oposição do Brasil e da Argentina, cujos governos não compactuam com o atraso ideológico das esquerdas nem com os ideais totalitários dos comunistas.


Há cerca de dois anos, os partidos de esquerda perdem fôlego no continente sul-americano, em razão da incompetência administrativa e da inconsistência ética dos seus projetos. Na Argentina, Cristina Kirschner sofreu forte revés nas últimas eleições e está sendo processada por corrupção. No Brasil, Dilma e PT foram afastados do governo, enquanto Lula foi condenado a nove anos de prisão.


Enfim, a luta contra o socialismo totalitário na América do Sul tem sido constante. No início da década de 1960, o Brasil enfrentou grupos terroristas. Hoje, as táticas e as estratégias adotadas pelas esquerdas obedecem, sobretudo, ao pensamento de Antonio Gramsci, que sugere o golpe fatal contra a democracia e o liberalismo, utilizando os trâmites do regime democrático.


A Venezuela ameaça o continente, assim como o PT é um risco para a sociedade brasileira que cultua os valores da pluralidade e da liberdade. Em muitos momentos, Lula e Dilma atentaram contra os cânones da vida democrática, mas foram rechaçados por uma tênue maioria que também ignora os códigos de ética e a importância do bem-estar social. A dignidade do povo foi, infelizmente, esquecida por comunistas e liberais.


Pedro Henrique Chaves Antero

phantero@gmail.com

Professor de Ciências Políticas

Adriano Nogueira

TAGS