PUBLICIDADE
Jornal

Joaquim Cartaxo: "A força da gastronomia"

11/07/2017 01:30:00

O patrimônio gastronômico configura-se como um dos elementos determinantes à afirmação identitária de um território, pois a partir dele é possível escrever a história e a miscelânea das diferentes culturas existentes no lugar. Em torno da culinária, reúnem-se utensílios, música, festas, indumentárias, vocabulário e demais elementos que compõe a vivência cotidiana da comunidade.


Esse patrimônio também contribui para o crescimento econômico e desenvolvimento socioambiental, pois possui capacidade de fazer surgir diversos tipos de negócios direta e indiretamente relacionados à gastronomia, gerando emprego e renda.


Ressalte-se o valor inestimável desse patrimônio para o turismo. Vários lugares no mundo têm sua gastronomia como principal atrativo turístico. Um exemplo é o Peru, que atrai cada vez mais turistas interessados em sua gastronomia. Não é à toa que no ano passado o país ganhou o World Travel Awards, o Oscar do turismo, na categoria Melhor Destino Gastronômico do Mundo.


A Secretaria do Turismo do Ceará informa que a alimentação está entre os principais gastos dos turistas que visitam o Estado, superando até mesmo as despesas com hospedagem. De 2010 a 2015, os gastos dos turistas com alimentação injetaram na economia estadual cerca de
R$ 6,7 bilhões.


Por isso, é fundamental para um destino turístico valorizar o seu patrimônio gastronômico. Este processo passa pelo conhecimento e valorização dos seus principais insumos e das receitas tradicionais, que são a base para o desenvolvimento desta gastronomia; pelo reconhecimento das ideias e trabalho dos profissionais que atuam nesse segmento, em especial os chefes de cozinha, pois são eles, dominando técnicas e conhecimentos, que colaboram para difundir a identidade do lugar em forma de saberes e sabores. E passa ainda pela qualificação dos estabelecimentos de alimentação, desde a manipulação adequada dos alimentos até o atendimento.


Joaquim Cartaxo
cartaxojoaquim@bol.com.br
Arquiteto urbanista e superintendente do Sebrae/CE

Adriano Nogueira

TAGS