VERSÃO IMPRESSA

Mais uma atriz vítima de Harvey Wenstein denuncia abuso

01:30 | 21/10/2017
[FOTO1]

Mais uma mulher veio a público ontem contar detalhes da agressão sexual que teria sofrido por parte do produtor de cinema Harvey Weinstein, enquanto o advogado de outra vítima, uma atriz italiana, relatou a violência contra sua cliente.


Durante um encontro para falar de sua nascente carreira de atriz, interrompida pouco depois da interação com o produtor, a atriz Heather Kerr contou, aos prantos, que Weinstein “pegou sua mão e a obrigou a pô-la sobre seu pênis”.


“Assim funcionam as coisas em Hollywood”, desabafou.


Enquanto chorava, sua advogada, Gloria Allred, consolou-a, declarando: “Harvey, você, e os outros como você, estão acabados. As mulheres não voltarão a aceitar isso”.


O advogado David Ring também deu uma entrevista coletiva para apresentar as acusações de sua cliente, uma modelo e atriz italiana de 38 anos, mãe de família, que pediu para não ter sua identidade revelada. Ela acusa Weinstein de tê-la estuprado em um quarto de hotel em Los Angeles em 2013. Segundo ele, sua cliente coopera plenamente com a investigação criminal da Polícia de Los Angeles.


Este é o sexto caso de estupro, após as denúncias feitas pelas atrizes Rose McGowan, Asia Argento e pela ex-atriz Lucia Evans. Outras duas investigações estão em andamento em Londres e Nova York.

 

ADRIANO NOGUEIRA

TAGS