PUBLICIDADE
Jornal

Quatro suspeitos de ataques na Espanha serão interrogados

23/08/2017 01:30:00

Os quatro suspeitos dos ataques em Barcelona e Cambrils, que deixaram 15 mortos, foram acusados por assassinatos de natureza terrorista pela justiça espanhola. Os quatro foram acusados por “pertencer a uma organização terrorista, assassinatos terroristas e posse de explosivos”, entre outras acusações. Eles são sobreviventes de célula de 12 membros que a polícia aponta como responsável pelos atentados em Barcelona e Cambrils, que deixaram 15 mortos.


O primeiro a prestar depoimento foi Mohamed Houli Chemlal, que admitiu ao um juiz espanhol que ele e seus companheiros planejavam um atentado de maior envergadura. Chemlal ferido em uma explosão acidental em uma casa na região da Catalunha na qual o grupo fabricava explosivos, ato que teria precipitado os ataques.


Os quatro suspeitos foram levados nesta terça à Audiência Nacional de Madri, jurisdição encarregada dos casos de terrorismo. Os outros oito integrantes do grupo morreram, seis deles abatidos pela polícia e dois em uma explosão acidental em uma casa de Alcanar, onde o grupo fabricava explosivos para os atentados.

Francepress

Adriano Nogueira

TAGS