PUBLICIDADE
Jornal

Documento sugere ataque a grupo dos EUA

07/06/2017 01:30:00

Hackers russos atacaram pelo menos uma fornecedora de software para votação nos Estados Unidos, dias antes da eleição presidencial do ano passado, de acordo com um relatório de inteligência do governo americano vazado ontem.


O documento sugere que os ciberataques relacionados à eleição conseguiram atingir o sistema de votação americano.


O relatório secreto da Agência de Segurança Nacional (NSA, na sigla em inglês), que foi publicado online pelo The Intercept, não diz se o ataque teve algum efeito nos resultados das eleições. Mas mostra que, após atacar a empresa em questão, a inteligência do exército russo enviou e-mails para mais de 100 autoridades eleitorais locais no final de outubro e no começo de novembro. As agências de inteligência dos EUA se recusaram a comentar.


O documento diz que o exército russo "executou operações de ciberespionagem contra uma empresa americana nomeada em agosto de 2016, evidentemente para obter informações sobre as soluções de software e hardware relacionadas à eleição, de acordo com informações que se tornaram disponíveis em abril de 2017".

Adriano Nogueira

TAGS