PUBLICIDADE
Jornal
VERSÃO IMPRESSA

Recordações

02/07/2019 01:56:21

O vinil emperrou

Voltou a funcionar

A melodia fazia a idosa dançar

E que clássico!

A mulher dedilhou suavemente

A renda feita pela sua avó

Quanta saudade da sua juventude!

Quisera ela voltar no tempo

Abriu a primeira carta de amor

Que recebera

E sorriu

Ainda sentia o cheiro de lavanda

Aquilo sim era cortejo!

Caligrafia torta

Em papel nobre

Sentimento imaturo

Mas levado a sério

Suspirou

Eram apenas recordações

Coisas que não voltam mais

Thayná Monteiro

TAGS