PUBLICIDADE
Jornal
VERSÃO IMPRESSA

O consumismo

18/06/2019 01:33:17
(Foto: carlus campos)

A maioria das pessoas adquire produtos todos os dias, desde alimentos à roupas e calçados. É um hábito comum e necessário para manter-se com uma qualidade de vida digna. Entretanto, uma grande parcela da população não consegue diferenciar o consumo saudável do consumismo desenfreado, que é a compra ilimitada ou exagerada de supérfluos.

O adolescente atual é especialmente propenso a confundir esses termos, graças à sua maior ingenuidade quanto à propagandas exibidas pela mídia. Isso quer dizer, que o jovem é o maior alvo de diversas empresas multimilionárias, já que estas sabem que, com a certa propagação de seus produtos (mesmo que não sejam tão úteis), por meio de, principalmente, redes sociais e pessoas famosas que atendem a tal público, conseguirão sucesso nas vendas. Mas, por que este público é tão facilmente influenciado? Pesquisas apontam que a maioria dos jovens está sempre tentando ser aceito pela sociedade e a melhor maneira de conseguir isso é se encaixando os padrões e modas impostas por ela.

A melhor maneira de evitar adolescentes com esse tipo de pensamento é por meio da educação dada na sua própria casa. Existem, ainda, campanhas que promovem a conscientização financeira e até mesmo, aulas pagas sobre educação nesta área.

Lara Damasceno

TAGS