PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Centenário da Escola de Agronomia do Ceará

01:30 | 27/03/2018

Benevides Machado de Carvalho professora.angelacarvalho@gmail.com Entre flores, espinhos e cipós, foi aberta a picada que conduziu tantas ideias, objetivando a criação de uma escola de ensino agrícola, capaz de colocar o Estado do Ceará em ritmo de desenvolvimento agropecuário dentro de padrões lógicos da boa produtividade. Um projeto legislativo apresentado pelo poeta e parlamentar Juvenal Galeno em 1859, visando a criação de uma Escola Normal de Agricultura; Em 1867, o Senador do Império e Presidente da Província do Ceará, Pedro Leão Velloso, indicou o ensino agrícola, como solução para os problemas da agricultura local. Em 1907, um forte impulso veio à tona, com criação pelo Governo Federal da IFOCS (Inspetoria Federal de Obras contra as Secas). Em 1913, por iniciativa do Agrônomo Italiano Alfredo Benna, foi implantada a Escola Prática de Agricultura de Quixadá.  

Em 1914, foram criadas dois Postos Zootécnicos. Um em Sobral, inaugurado em 1916 e outro em Quixadá, inaugurado em 1918.

À época, eram comuns os encontros de intelectuais em bancos das farmácias do centro de Fortaleza, abordando temas os mais diversos.

&nsbp;
Naquele 30 de março de 1918, motivados principalmente pelas iniciativas de Alfredo Benna e João Thomé de Saboia e Silva, um grupo de ilustres profissionais, reunidos informalmente, à frente da Farmácia Andrade, localizada à rua Barão do Rio Branco 1068, bateram o martelo sobre o balcão da referida farmácia, dando por nascida a Escola de Agronomia do Ceará.  

A Escola de Agronomia do Ceará teve suas aulas iniciadas em 1 de maio de 1918, ocupando as dependências do velho Liceu do Ceará. 

A primeira turma, composta de 30 formandos, colou grau em 31 de julho de 1921. A primeira mulher a colar grau pela Escola de Agronomia do Ceará, foi a Paraibana Francisca Loureiro Pegado, na turma de 1939. Minha turma colou grau em 18 de dezembro de 1970. Fomos em número de 75 formandos, sendo 60 homens e 15 mulheres. Dezoito colegas já partiram para o plano celestial, 

 

Pelo exposto acima, acho-me com o dever cumprido em homenagear a Escola de Agronomia do Ceará, hoje Centro de Ciências Agrárias da UFC, pela passagem do seu primeiro centenário de fundação.