PUBLICIDADE
Jornal

Ode ao amor verdadeiro

23/08/2017 01:30:00
Marco Antônio Abreu

marcofloren@gmail.com


Eu tenho a sorte de um amor opulento e forte

Indica meu norte, me acompanha até a morte

Eu tenho a felicidade de um amor de verdade

Que tem na amizade refúgio da cumplicidade

Eu tenho a ventura de um amor sem frescura

De intensa doçura que me compele à loucura

Eu tenho a alegria de um amor em comprazia

Está na minha filosofia e na mais lírica poesia

Eu tenho o respeito de um amor quase perfeito

Amor sem defeito, que se mostra no meu peito

Eu tenho o carinho de um amor sem desalinho

Não me deixa sozinho, fica comigo no caminho

Eu tenho a euforia de um amor com sabedoria

Me faz companhia, compartilha minha fantasia

Eu tenho o prazer de um amor pra me envolver

Me fortalecer e compreender como é bom viver

Adriano Nogueira

TAGS