PUBLICIDADE
Jornal

Os combustíveis para cada eu

14/06/2017 01:30:00
NULL
NULL

[FOTO1] 

Emanuel Sousa

emanuels.l@hotmail.com


Estava eu, às 5h indo à praia jogar meu frescobol com o Wilson e o Igor, quando avistei duas senhoras saindo de um prédio localizado próximo ao ponto do qual utilizaríamos como quadra. As senhoras estavam devidamente arrumadas como quem vai caminhar, mas o estranho é que elas caminharam somente até o banco mais próximo e como quem ouve novidades uma da outra, sentaram-se. A princípio achei estranho, mas logo conclui que da mesma forma que eu estava ali para exercitar o corpo e sempre acabo exercitando também a mente, talvez elas estivessem ali para exercitar suas mentes - e como vou dizer que isso também não faz bem ao corpo?!


Durante uma partida de frescobol, muito mais que trabalhar reflexos e músculos, costumo elaborar planos e traçar metas (mentalmente) para alcançar meus objetivos. Creio que o sol, a maresia, o suor, as arrancadas, enfim... Tudo isso deve servir como combustível para manter o meu corpo e mente em atividade e equilibrados; durante aquela conversa entre as senhoras, muito mais que trabalhar seus raciocínios, é possível que seus corpos tenham levantado daquele banco com muito mais energia do que quando chegaram. É a metodologia individual de matar dois coelhos com uma cajadada só: enquanto contar histórias talvez cause nas senhoras também o efeito de quem pratica esporte, praticar esporte também me faz chegar em casa cheio de histórias para contar. Às vezes, meu combustível é um bom chá para curar essa azia, mas o assunto aqui é outro.


Porém, nem todo mundo pratica hábitos tão interessantes. Para muitos, o combustível é o dinheiro; para outros, nem aditivada resolve. Você já pensou em fazer uma revisão? Com que frequência você se abastece? Só digo uma coisa... Sem combustível as coisas não andam! O pior é que tem muita gente por aí enchendo a boca para dizer que é flex, sem saber o que isso realmente significa. Você é flex?

Adriano Nogueira

TAGS