PUBLICIDADE
Jornal

O fim é uma certeza

07/06/2017 01:30:00
Samuel da Costa

samueldeitajai@yahoo.com.br


Para negra Valquíria

Desenvolta...

Invade os meus pensamentos,

Passeias livremente...

Nos meus sonhos,

Tira-me...

Do sono mais profundo!

 

Ei! Deusa de ébano.

O astro rei se põe!

O crepúsculo...

Avisa que o dia findou-se!

A noite escarlate não tarda!

Estou só!

E o fim é uma certeza.

Ei! Deusa encantada!

Meu amor olvidado...

Minha deusa sagrada.

Que transita nos meus sonhos...

Livremente!

Habita os meus pensamentos...

Mais profanos!

 

O fim é uma certeza.

Tenho que partir!

Já não posso mais ficar aqui...

A venerar-te em belas letras

E morrendo de amores

por ti!

Adriano Nogueira

TAGS