PUBLICIDADE
Jornal

Direto da escola: Posse dos Correspondentes O POVO 2017

03/05/2017 01:30:00
NULL
NULL

[FOTO1] 

Esta coluna, escrita pelos estudantes do Projeto Correspondentes O POVO, do Programa O POVO Educação, reinicia hoje com muita alegria! Na tarde do último dia 20/4, no auditório do Cuca Mondubim, foi empossada, para o mandato 2017, a 6ª turma composta por 102 estudantes do 9º ano de 39 escolas públicas e particulares de Fortaleza e região metropolitana, além de 30 Repórteres Cuca, da Rede.

A parceria com a Coordenadoria de Juventude, do Município, inova O POVO Educação, sob a direção do Instituto Albanisa Sarasate, e promete colaborar ainda mais com a formação de cidadãos conscientes a partir de ações que promovem a leitura e a escrita.

 

SEBASTIÃO DE ABREU


Guilherme Almeida,

guilherme88818720@gmail.com

 

Que venham os desafios

Ocorreu no Cuca do Mondubim, dia 20 de abril, a posse dos Correspondentes O POVO. No evento, estavam presentes as pessoas que idealizaram e tornaram o projeto correspondente O POVO realidade. Um ex-correspondente subiu ao palco nos contou como o projeto beneficiou e mudou sua vida e como ele pode fazer o mesmo por nós. Também foi ao palco o rapper Felipe Rima, que contou como a poesia o tirou do mundo do crime e o introduziu em um universo totalmente novo. Tomamos posse. E agora, percebemos a única e grandiosa oportunidade que temos em nossas mãos. E que venham os desafios da escrita através de muita leitura.

 

DOM FELIPE

 

Yago Azevedo

Ex-Correspondente O POVO

yagoazev@hotmail.com


Sejam bem-vindos!

Escrever é um ato de expressar, ou melhor, relatar algo. O ato de transmitir a informação ao leitor é uma das responsabilidades do jornalista. E essa, vocês, novos correspondentes também terão: a de transmitir a informação com precisão, imparcialidade e respeito. Tenham também uma rotina de autor: disponibilizando horários e datas disponíveis para a criação do texto. A terceira, é a de pesquisar, buscar o onde, o quando, o porquê, o desfecho. Ser correspondente é uma oportunidade de expressar também os talentos literários. Ou ainda, uma cobertura de eventos do colégio.


É tempo de novas descobertas, conhecer mais sobre O POVO, sua organização e funcionamento. Podem ser descobertas de “editorias”, por exemplo: passar a gostar de retratar Cotidiano, Arte, Política... Estarão disponíveis passeios, que, além de divertidos, trazem conhecimentos e aumentam a bagagem para a criação dos textos. Uma dica? Leia, leia e releia. Quanto mais informações, menos o bloqueio criativo o atrapalhará. Um conselho? Escreva aquilo que move você, mas não se apegue a um tipo de texto.

Uma experiência? Escrevi Breves sobre o impeachment e foi bastante satisfatório. Uma lembrança? As brincadeiras no ônibus com outros correspondentes e os debates. Uma consequência?

Passei a gostar de política depois que fiz parte do grupo. Sejam bem-vindos ao Projeto Correspondentes O POVO, desejo muitos textos e muita criatividade. As portas da casa estão abertas para vocês.

 

SETE DE SETEMBRO

Elisa Marques Vida,

elisamv.c7s@gmail.com

 

Correspondente, eu?

Correspondentes do Jornal O POVO é um projeto que dá voz a jovens do 9° ano que transcrevem experiências e pensamentos, sobre a escola ou a vida, para serem publicados no jornal. Nesse caso, cá estou eu. Escolhida, eu? Foi mais ou menos a primeira frase que me veio à mente quando me deram a notícia. Portanto, quando me convidaram para a cerimônia de posse ainda não tinha caído a ficha. Já tinha ouvido falar do projeto, mas não criei expectativas, eu pensava: “Comunicação não é minha área”. E agora, já vivendo a experiência de escrever meu primeiro texto para a coluna.

 

Adriano Nogueira

TAGS