VERSÃO IMPRESSA

Para evitar acidentes, não sobrecarregue a rede elétrica

01:30 | 04/03/2017
Mesmo com o projeto elétrico em dia, alguns cuidados devem ser adotados para trazer mais segurança para o dia a dia. Evitar a sobrecarga das instalações com o uso de “T” e extensões é um deles.

 

“A NBR-5410 determina que cada cômodo tenha um número mínimo de tomadas, levando em conta o tamanho e os aparelhos previstos para o espaço. Isso é fundamental porque, dependendo da quantidade de equipamentos ligados em extensões pode ocorrer uma sobrecarga, aquecimento dos fios ou mesmo um incêndio”, alerta o coordenador do curso de engenharia elétrica da Universidade Federal do Ceará (UFC), o professor Raphael Câmara.


Ele diz que aparelhos de alta tensão, como geladeiras, ar condicionado, chuveiro elétrico também precisam de circuitos exclusivos para o seu funcionamento.


Também não se deve utilizar fios e cabos “desbitolados”, que são aqueles com baixa qualidade e menor quantidade de cobre que o exigido pela ABNT. Além de irregular, este tipo de material pode comprometer a instalação elétrica.


Outra orientação é de que o quadro elétrico tenha o dispositivo DR (diferencial residual) que é um interruptor automático que ao detectar uma fuga de corrente na instalação, desliga o circuito imediatamente, protegendo assim as pessoas contra o efeito de choque elétrico.



ADRIANO NOGUEIRA

TAGS