PUBLICIDADE
Jornal
VERSÃO IMPRESSA

EUA retira diplomatas do Iraque por ameaça vinculada ao Irã

16/05/2019 01:37:10

TENSÃO Os EUA ordenaram ontem a retirada do pessoal diplomático não essencial da embaixada em Bagdá e do consulado em Erbil, no Iraque, por "uma ameaça iminente" em "conexão direta com o Irã", em meio a tensões crescentes com o Irã. Horas depois, um dos funcionários do Departamento de Estado se referiu às "milícias iraquianas sob comando e controle da Guarda Revolucionária do Irã", o exército ideológico da República Islâmica, como uma ameaça "real". Os EUA aumentaram a pressão sobre o Irã nos últimos dias, acusando a república islâmica de planejar ataques "iminentes" na região e reforçando sua presença militar no Golfo.

Líder supremo do Irã, o aiatolá Ali Khamenei afirmou, via Twitter, que não é intenção do país entrar em guerra com os EUA. "A opção definitiva da nação iraniana é a resistência contra os EUA e, neste confronto, os EUA terão que se retirar. Isto não é um confronto militar porque nenhuma guerra é para acontecer. Nós não procuramos uma guerra nem eles. Eles sabem que uma guerra não seria benéfica para eles."

TAGS