PUBLICIDADE

PM que atirou em esposa no Montese é preso

05:00 | 07/03/2019

O policial militar (PM) José Jorge de Araújo Júnior, 43, que confessou ter atirado contra a própria esposa, Sandra Bizerra, 33, na última segunda-feira, 4, no bairro Montese, foi preso na manhã desta quarta-feira, 6. A Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Fortaleza cumpriu mandado de prisão preventiva por tentativa de feminicídio.

Equipes da DDM e do Comando de Policiamento da Capital realizaram o cumprimento do mandado de prisão. Em nota, a Polícia Civil informou que as investigações estão em andamento para apurar as circunstâncias do crime. Sandra foi baleada no ouvido e encaminhada ao hospital. Seu quadro é considerado grave.

Após o crime, o agressor apresentou-se no 11º Distrito Policial (DP). A apresentação espontânea livrou o PM da prisão em flagrante. O subtenente, no entanto, acabou preso ontem após decisão judicial. "Por ter se apresentado espontaneamente, o agente de segurança foi ouvido, autuado pela tentativa de feminicídio, mas liberado. No entanto, nesta quarta-feira, 6, a Polícia cumpriu o mandado de prisão referente ao caso e Jorge acabou preso. Ele foi encaminhado a Pefoce para realização de exames e em seguida para o presídio militar", afirmou em nota a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

O órgão diz ainda que a Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário (CGD) tomou conhecimento do ocorrido e uma investigação na seara administrativa será realizada pelo órgão.

Após a morte, amigas de Sandra lançaram uma campanha nas redes sociais para que o caso não fique impune. "Quantas Sandras? O feminicídio não pode ser apenas estatística, tese ou suposição criminal. Feminicídio é uma amarga e estúpida realidade, onde mães, esposas e filhas têm suas vidas ceifadas pelo simples fato de serem mulheres", divulgaram.

O período do Carnaval no Ceará foi marcado por ocorrências envolvendo agentes da segurança pública. Em um deles, no município de Paracuru, a vítima e o marido, um sargento da PMCE, foram encontrados mortos. O crime está sob investigação. A linha principal de investigação é de feminicídio seguido de suicídio.

TAGS