PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Megatraficante 'El Chapo', culpado de todas as acusações, enfrenta prisão perpétua

05:00 | 13/02/2019

Um júri de Nova York declarou ontem culpado de todas as acusações El Chapo Guzmán, considerado o maior narcotraficante do planeta após a morte do colombiano Pablo Escobar. Após um julgamento de três meses e 35 horas de deliberações ao longo de seis dias, o júri considerou que Joaquín "Chapo" Guzmán, 61, culpado dos dez crimes de narcotráfico, posse de armas e lavagem de dinheiro dos quais foi acusado.

A lei americana assinala que pela gravidade das acusações, o ex-chefe do cartel de Sinaloa deve ser sentenciado à prisão perpétua obrigatória. O juiz Brian Cogan fixou a sua sentença para 25 de junho, mas a defesa anunciou que apelará do veredicto.

Ao ouvir a decisão do júri, El Chapo olhou para sua jovem esposa Emma Coronel, mãe de suas gêmeas de sete anos, sorriu levemente para tranquilizá-la e colocou a mão direita no coração. Coronel, 29, levantou o polegar, cruzou as mãos no peito e soprou um beijo antes que os oficiais de justiça retirassem El Chapo rapidamente da sala. (AFP)

TAGS