PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Molusco descoberto em caverna ganha nome em homenagem a Moro

2019-02-01 03:46:23

Um molusco translúcido descoberto no Ceará ganhou nome científico um tanto quanto curioso dado pelo biólogo paulista Luiz Ricardo Simone, do Museu de Zoologia da USP. A espécie coletada nas cavernas de Santa Quitéria, a 229,2 km de Fortaleza, foi batizada de Lavajatus moroi, em homenagem a Sergio Moro, ministro da Justiça e Segurança Pública.

O malacologista, como é conhecido o profissional que estuda os moluscos, publicou a descoberta na revista científica alemã Spixiana, em dezembro último. Luiz Ricardo começou o estudo há dois anos, após revisar o material que estava guardado no Museu de Zoologia da USP.

"Vi que a concha era totalmente transparente. Essa transparência lembra muito a Lava Jato e resolvi homenagear tanto a operação quanto o ex-juiz Sergio Moro, que é quem estava à frente na época", frisa o cientista. Ele explica que muitos materiais coletados ficam depositados no Museu e só depois chegam a ser estudados. (Rubens Rodrigues)

TAGS