PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Prévia da inflação registra taxa de 0,4%

2019-02-01 03:56:40

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), que mede a inflação oficial, ficou em 0,4% em janeiro deste ano na Grande Fortaleza, segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), ontem. A taxa acumulada dos últimos 12 meses é de 2,72%.

O segmento de saúde e cuidados pessoais apresentou maior indicador, com variação de 0,91%. Em seguida, aparecem alimentação (0,63%) e moradia (0,42%). Daniel Suliano, analista de Políticas Públicas do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), destaca que a prévia ainda não contabiliza os reajustes previstos para o mês. "Isso ainda terá um peso no IPCA de janeiro", explica.

A previsão da inflação do Brasil ficou em 0,3%. A taxa é superior ao registrado na prévia de dezembro de 2018 (-0,16%), mas inferior ao 0,39% da prévia de janeiro do ano passado.

A taxa da prévia de janeiro foi puxada principalmente pela alta de 0,87% no preço de comida. Comprar alimentos para comer em casa, por exemplo, ficou 1,07% mais caro, devido à alta de produtos como carnes (1,72%), cebola (17,5%) e batata-inglesa (11,27%). O custo para comer fora de casa subiu 0,53% no período.

Outros grupos de despesas com impacto importante na prévia da inflação de janeiro foram saúde e cuidados pessoais, com aumento de 0,68%, e despesas pessoais, com taxa de 0,43%. Por outro lado, as reduções de custo dos transportes (-0,47%) e do vestuário (-0,16%) ajudaram a evitar uma inflação maior. A taxa de janeiro deste ano é a menor para o mês desde a implantação do Plano Real, em 1994. (Com Agência Brasil)

TAGS