PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Atentado à bomba mata 16 pessoas em restaurante na Síria

QUATRO americanos, sendo dois civis, morreram no ataque
QUATRO americanos, sendo dois civis, morreram no ataque

Um atentado realizado pelo grupo Estado Islâmico matou 16 pessoas ontem na cidade síria de Manbij, na ação mais mortífera desde 2014 contra as forças da coalizão internacional. "Dois militares americanos e dois civis ligados ao Departamento da Defesa foram mortos, e três militares ficaram feridos", informou o Centro de Comando militar dos EUA.

O porta-voz da coalizão internacional liderada pelos EUA revelou que houve "uma explosão" quando os americanos "realizavam uma patrulha de rotina". Segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH), o atentado ocorreu próximo a um restaurante.

Entre os mortos, há cinco combatentes de uma milícia árabe-curda que acompanhava a patrulha americana, segundo o OSDH. Após o atentado, as ruas de Manbij foram ocupadas por blindados americanos, enquanto soldados patrulhavam a região. O EI confirmou em um comunicado na rede Telegram que o ataque foi realizado pelo "irmão Abu Yasin al Shami", que detonou um colete de explosivos na passagem de uma "patrulha de membros da coalizão cruzada". (AFP)

TAGS