PUBLICIDADE
Jornal
futebol

Pelo 2º ano seguido, Salah é eleito o melhor jogador africano

O atacante egípcio Mohamed Salah, do Liverpool, conquistou ontem pela segunda vez consecutiva o prêmio de melhor jogador africano. Na eleição correspondente à temporada de 2018, o jogador derrotou o senegalês Sadio Mané, seu companheiro no time inglês, e o gabonês Pierre-Emerick Aubameyang, que estava no Borussia Dortmund e se transferiu ao Arsenal.

Salah se tornou, assim, o quarto jogador a erguer o troféu em dois anos consecutivos, depois do senegalês El Hadji Diouf (2001 e 2002), do marfinense Yaya Touré (2011 e 2012) e do camaronês Samuel Eto'o (2003 e 2004). "Não acredito que passou um ano desde a última vez que estive neste palco. Este prêmio é muito importante para mim. Adoro porque o via desde pequeno e sonhava em ganhá-lo um dia. Agora é a segunda vez", afirmou Salah, emocionado, na cerimônia de entrega do prêmio, em Dakar, capital do Senegal. Na eleição, Salah recebeu 64% do total de 194 votos, enquanto que Mané teve 22%. Aubameyang conseguiu a preferência de 14%.

TAGS