Roubo cai e morte por polícia cresce no Rio sob intervenção
PUBLICIDADE

VERSÃO IMPRESSA

Roubo cai e morte por polícia cresce no Rio sob intervenção

2018-12-28 01:30:00

Com fim agendado para a próxima segunda-feira, 31, a intervenção federal na segurança do Rio de Janeiro reduziu o número de homicídios dolosos, mas teve aumento recorde de mortes por policiais. Entre fevereiro, quando passou a vigorar a medida, e novembro, mês com dados mais recentes, os índices de roubos de carga, de carros e na rua também recuaram. "Temos a convicção de que trilhamos um caminho difícil e incerto, mas cumprimos a missão", afirmou ontem o interventor, general Walter Braga Netto.

 

Conforme o Instituto de Segurança Pública (ISP), o total de registros de letalidade violenta no Rio de fevereiro a novembro foi de 5.025 ? 45 ocorrências a mais do que no mesmo período em 2017. A alta é puxada pela explosão de homicídios por policiais - 1.185, ante 859 no mesmo período de 2017, aumento de 40%. A quantidade é recorde em 16 anos de série histórica. Já o total de homicídios dolosos (sem contar mortes por policiais) diminuiu 6%. O balanço saiu de 3.919 para 3.686 casos. 

 

(Agência Estado)

 

TAGS