PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Gigantes do setor de commodities são alvo da Lava Jato

farol

01:30 | 06/12/2018

CORRUPÇÃO A Operação Sem Limites, 57ª fase da Lava Jato deflagrada nesta quarta-feira, 5, investiga empresas do mercado internacional por suspeita de pagar milhões em propinas a funcionários da Petrobras em troca de vantagens na aquisição de derivados do petróleo. Na mira, segundo o Ministério Público Federal (MPF), estão as gigantes Vitol, Trafigura e Gleconre. A Lava Jato suspeita que, entre 2011 e 2014, as empresas efetuaram pagamentos de propinas de US$ 5,1 milhões, US$ 6,1 milhões e US$ 4,1 milhões. 

 

(AE)