PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Ex-fuzileiro naval mata 12 pessoas em bar na Califórnia

farol

01:30 | 09/11/2018
Tiroteio ocorreu no bar Borderline, na cidade de Thousand Oaks, próximo a Los Angeles Robyn Beck / AFP
Tiroteio ocorreu no bar Borderline, na cidade de Thousand Oaks, próximo a Los Angeles Robyn Beck / AFP

O ex-fuzileiro naval Ian David Long, 28, abriu fogo na noite da última quarta-feira, 8, em um bar perto de Los Angeles, matando 12 pessoas antes de morrer, segundo autoridades locais.

 

"Não temos nenhuma ideia de suas motivações", declarou o xerife do condado de Ventura, Geoff Dean, acrescentando que não há "qualquer indício" de que ele mirou nos funcionários como alvo.

 

"Tivemos vários contatos com o sr. Long ao longo dos anos, eventos menores, uma colisão de tráfego", afirmou o xerife.

 

Long entrou no Borderline Bar and Grill, onde acontecia uma festa de estudantes universitários, da qual participavam "várias centenas" de jovens, declarou o capitão Garo Kuredjian, do gabinete do xerife do condado de Ventura.

 

"Não temos ideia de se existe um vínculo terrorista, ou não. Nada me leva, ou o FBI, a pensar que tenha um vínculo terrorista", acrescentou.

 

O número de feridos, levados para vários centros médicos da região, ainda não foi determinado, completou. 

 

(AFP)