PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Juízes querem incluir piloto e mais dois réus em denúncia

2018-08-24 01:30:00
Após receber a denúncia contra dez acusados de participar das mortes de Gegê e Paca, o colegiado de juízes que atua no processo, que tramita na Comarca de Aquiraz, decidiu remeter os autos ao procurador-geral de Justiça, Plácido Rios, para que seja reanalisada a decisão do MPCE de não incluir a acusação de homicídio duplamente qualificado a três réus.

 

Conforme O POVO mostrou nesta segunda-feira, 21, o piloto Felipe Ramos, Jefte Ferreira e Jussara da Conceição foram denunciados por outros crimes, como organização criminosa, mas não pelas mortes. Os promotores entenderam que todos contribuíram para os crimes, mas de maneira não intencional.

 

Na decisão, os juízes afirmam que o arquivamento indireto em relação aos três "se apresenta prematuro". Eles argumentam que o inquérito apresentou dados suficientes para descartar a colaboração deles nos homicídios.

 

Já os irmãos Francisco Cavalcante Cidrão Filho e José Cavalcante Cidrão, que foram indiciados por organização criminosa e lavagem de dinheiro pela Polícia Civil, citados na denúncia, responderão em um processo à parte, que tramita na 14ª Vara Criminal de Fortaleza. Os irmãos não tiveram participação nas mortes. Seriam responsáveis por lavar o dinheiro ilícito e administrar os bens de Gegê e Paca no Ceará. (Thiago Paiva)

 

TAGS