PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Juiz cearense acusado de violar prerrogativas de advogada é alvo de queixa-crime

2018-08-22 01:30:00
A Associação dos Advogados Criminalistas do Estado do Ceará (Acriece) ofereceu nessa segunda-feira, 20, queixa-crime contra o juiz da 2ª Vara de Família da Comarca de Fortaleza, Joaquim Solón Mota Junior, acusado pela Ordem dos Advogados do Brasil Secção Ceará (OAB-CE) de violar as prerrogativas profissionais da advogada Sabrina Veras durante audiência em fevereiro deste ano.

 

A expectativa é que a ação conste no sistema do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará (TJCE) ainda nesta terça-feira, 21. A ação será analisada e distribuída ao desembargador competente. Se aprovada, o juiz será processado e poderá ser ou não responsabilizado pela conduta. Ele poderá incorrer aos crimes de difamação, injúria e abuso de autoridade.

 

TAGS