PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Julgamento de chapa da mãe de Wesley Safadão é adiado para 23/7

2018-07-14 01:30:00
NULL
NULL
[FOTO1]

A decisão sobre o futuro político de Antônio Cláudio Pinheiro (PSDB), prefeito de Aracoiaba (a 93 km de Fortaleza), e Maria Valmira Silva de Oliveira (PSDB), conhecida como Dona Bill, vice-prefeita e mãe do cantor Wesley Safadão, foi novamente adiada. A dupla é acusada de abuso de poder político e econômico. Eles tiveram os diplomas cassados e ficaram inelegíveis por oito anos pelo Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE), mas conseguiram anular a decisão com recurso apresentado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O novo julgamento era esperado para a última segunda-feira, 10, mas ficou para o dia 23/7. A demora envolve o posicionamento do juiz Cássio Felipe Goes Pacheco. Em janeiro, quando o caso foi apreciado pela Corte estadual, e os dois políticos foram punidos, o magistrado se absteve de votar. A denúncia envolvia declarações de Dona Bill. Em entrevista, ela disse ter construído açudes, escolas e doado quatro ambulâncias ao Município com recursos próprios.

TAGS