PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Corpo de turista morto em parque aquático é liberado pela Perícia

2018-07-18 01:30:00
NULL
NULL
[FOTO1]

A Perícia Forense do Ceará liberou na manhã de ontem o corpo do radialista Ricardo José Hilário da Silva, 43, que morreu na última segunda-feira, 16, quando estava em um brinquedo do parque aquático Beach Park, em Aquiraz.


O acidente que vitimou Ricardo José aconteceu na atração Vainkará, inaugurada no último sábado, 14. Nas redes sociais, diversos artistas que postaram fotos no evento de abertura do brinquedo apagaram as publicações.


O Beach Park voltou a se manifestar por meio de nota, na noite de ontem. O parque relatou que o Vainkará levou dois anos e meio para ser desenvolvido, implantado e testado. Além disso, rechaçou a hipótese de que Ricardo José e os demais integrantes da boia tenham sido arremessados para fora do brinquedo. “A boia virou no final do percurso dentro da atração, já próximo da piscina. A perícia está sendo realizada pelas autoridades com apoio do Beach Park e a identificação das causas do acidente só será confirmada após a finalização deste trabalho”, diz a nota.


O parque afirma ainda que “lamenta muito o ocorrido” e que “reforça seu compromisso prioritário com a segurança e a integridade de seus visitantes por meio de treinamentos diários com toda a equipe”.


O parque aquático ficou fechado durante todo o dia de ontem, segundo a administração do empreendimento, em respeito à família da vítima. O brinquedo em que aconteceu a morte só será reaberto após a perícia investigar as causas do acidente.

As demais atrações voltam a funcionar hoje.

TAGS