PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Vaticano desmente versão do PT sobre terço

2018-06-13 01:30:00
PRESENTE. Após o PT publicar em suas redes sociais imagens de um rosário que teria sido enviado pelo papa Francisco ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o Vaticano emitiu nota nesta terça-feira, 12, desmentindo a informação. O Vaticano afirmou que o terço entregue na carceragem da Polícia Federal foi um presente do advogado argentino Juan Grabois, Consultor do Vaticano. “Como tantos outros, é um terço abençoado e distribuído em inúmeras ocasiões”, afirma a nota. Em vídeo, Juan Grabois afirma que foi proibido de visitar o ex-presidente e que está “muito preocupado”. Às segundas-feiras, o ex-presidente está autorizado a receber sacerdotes religiosos, mas a PF justificou a proibição afirmando que ele não foi consagrado sacerdote.

TAGS