PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Começa julgamento na espanha

2018-06-27 01:30:00
NULL
NULL
[FOTO1]

 

O primeiro julgamento de um caso envolvendo bebês roubados durante a ditadura de Francisco Franco, na Espanha, foi iniciado ontem. O médico Eduardo Vela, 85, é acusado pela funcionária ferroviária Inés Madrigal, 49, de tê-la separado da mãe biológica e falsificado a certidão de nascimento, entregando-a a uma mulher, em junho de 1969. Inúmeros recém-nascidos foram retirados das mães e entregues a famílias adotivas durante o franquismo.

 

TAGS