PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Julgamento de recurso de prefeito Ivo Gomes é adiado no TRE

2018-05-23 01:30:00

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE) adiou, na noite de ontem, o julgamento do recurso do prefeito de Sobral, Ivo Gomes (PDT), na ação em que ele é acusado de compra de votos nas eleições de 2016. A apreciação dos juízes ficará para a próxima segunda-feira, 28.  

A corte acatou o pedido do relator do caso, juiz Alcides Saldanha Lima, que solicitou o adiamento da decisão por ainda aguardar informações solicitadas à Corregedoria Regional Eleitoral referentes à ação.
 

Ivo Gomes recorre da decisão do juiz Fábio Falcão, da 24ª Zona Eleitoral de Sobral, que determinou, no fim do ano passado, que seu diploma de prefeito fosse cassado. O magistrado julgou como procedentes as acusações sobre compra de vota no pleito de 2016. Em abril, o Ministério Público Federal concedeu parecer favorável à cassação de Ivo.
 

O prefeito nega as acusações e questiona a validade dos depoimentos colhidos pela Justiça dos eleitores supostamente aliciados. O processo contra Ivo Gomes foi aberto pelo ex-adversário na disputa pela Prefeitura de Sobral, deputado Moses Rodrigues, que integra o MDB, partido que hoje mantém aproximação com o grupo dos Ferreira Gomes.

TAGS