PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Filha de Temer depõe à PF por quatro horas em SP

2018-05-04 01:30:00
NULL
NULL

[FOTO1]

A filha do presidente Michel Temer, a psicóloga Maristela Temer, prestou depoimento nesta quinta-feira, 3, à Polícia Federal no âmbito da Operação Skala, que apura suspeitas de corrupção envolvendo o emedebista, aliados políticos e empresas do setor portuário.
 

O depoimento aconteceu no escritório da Polícia Federal no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, e durou cerca de quatro horas. A investigação apura se a reforma da residência de Maristela foi utilizada para lavar dinheiro de propina.
 

As suspeitas vieram à tona depois que fornecedores que trabalharam na obra da casa da filha do presidente, na zona oeste de São Paulo, admitiram ter recebido pagamentos em dinheiro da mulher do coronel da reserva da PM João Baptista Lima Filho, apontado por delatores como suposto intermediário de propinas para o presidente.
 

Segundo o advogado Fernando Castelo Branco, Maristela “prestou todos os esclarecimentos” para o delegado responsável pelo inquérito, Cleyber Malta. “E, como já vem fazendo, continua disposta a colaborar com as investigações”, afirmou o advogado.


O presidente Michel Temer reagiu com ironia ao ser indagado, ainda pela manhã, se estava preocupado com o depoimento de sua filha à Polícia Federal. “Registre o meu sorriso”, disse o presidente, durante visita à 25.ª Agrishow, em Ribeirão Preto.
 

Contrastando com a reação de ontem, na semana passada Temer chegou a dizer que não iria permitir ataques contra sua honra e a de sua família. O presidente nega a existência de irregularidades.
A visita de Temer à Agrishow durou cerca de uma hora, feita em um circuito previamente definido e isolado dos outros visitantes da feira. (Agência Estado)

TAGS