PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Mais de 140 presos em operação contra milícia no Rio de Janeiro

2018-04-09 01:30:00
142 milicianos presos na Operação Medusa, considerada a maior ação voltada para o combate às milícias no Rio de Janeiro, foram transferidos ontem para o sistema penitenciário de Bangu, na zona oeste da cidade. Sete adolescentes também foram apreendidos na ação e sete agentes de segurança estão entre integrantes do grupo. A abordagem aos criminosos ocorreu em um sítio onde eles participavam de um pagode, na madrugada de sábado, 7.

 

Com os milicianos foram apreendidos armas, munição, 10 veículos roubados e simulacros de fardas.


De acordo com a polícia, os presos são ligados ao grupo conhecido como Liga da Justiça, a maior milícia do estado. Wellington da Silva Braga, o Ecko, apontado como chefe do grupo, conseguiu fugir. No confronto com a polícia, quatro seguranças da organização criminosa morreram. 

 

(com agências)

Gabrielle Zaranza

TAGS