PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Defesa de Lula recorre ao STF para evitar prisão após 2ª instância

2018-02-03 01:30:00
NULL
NULL
[FOTO1]
A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recorreu ontem ao Supremo Tribunal Federal (STF) para evitar a eventual prisão preventiva dele após o fim dos recursos na segunda instância da Justiça. O caso será relatado pelo ministro Edson Fachin. No habeas corpus, os advogados de Lula pretendem derrubar a decisão do vice-presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Humberto Martins, que negou nesta semana pedido feito pela defesa do ex-presidente para impedir a eventual execução provisória da condenação, após o último recurso que será julgado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), sediado em Porto Alegre. Também ontem, o juiz federal Bruno Apolinário ordenou a suspensão dos efeitos da decisão da 10ª Vara do Distrito Federal que havia determinado a apreensão do passaporte de Lula.

TAGS