PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Acaracuzinho é a escola de samba vencedora do Carnaval de Fortaleza

2018-02-16 01:30:00
NULL
NULL

[FOTO1]

Após quase desistir de desfilar, a escola de samba Unidos do Acaracuzinho ganhou, pela 18º vez, o Carnaval de Fortaleza, em resultado anunciado na tarde de ontem, no Ginásio Poliesportivo do Liceu do Ceará, no bairro Jacarecanga. 


Imbróglio com a Secretaria da Cultura de Fortaleza (Secultfor) impediria a escola de participar, por ser originária de Maracanaú, Região Metropolitana da Capital. No entanto, acordo com a pasta trouxe a maior campeã do Carnaval de volta à competição. Entre os maracatus, foram três os vencedores: Az de Ouro (sábado), Nação Baobab e Vozes da África (domingo). Ao todo, 40 agremiações se apresentaram na avenida Domingos Olímpio.
 

Na arquibancada azul, Mateus Levi Cavalcante, 3 anos, fez-se em festa. Embalado pelas batucadas, levantava as mãos para manifestar torcida e dança. O filho da coordenadora Régia Cavalcante, 35, só parou quando as lentes das câmeras voltaram-se para ele. Encabulou-se. Mas foi só até a batucada anunciar: Az de Ouro vencedor do desfile do último sábado, que ele voltou a comemorar ao lado da mãe e do irmão Tiago, de 11 anos. “Ele adora, vem desde bebê”, acrescenta, orgulhosa, a mãe.

Com 60 anos de tradição, o maracatu Az de Ouro foi vencedor do sábado, quebrando jejum de 37 anos sem título. Na categoria cordões, o campeão foi o grupo Vampiros da Princesa. Entre os blocos, o vencedor foi o grupo Amigos do Zé, enquanto o campeão dos Afoxés foi o Filhos de Oyá.

Para a gerente da Célula de Patrimônio Imaterial da Secultfor, Graça Martins, os “maracatus são de suma importância para a história do Ceará”. “É uma manifestação de representatividade e resistência”, destaca. O Conselho Municipal de Proteção do Patrimônio Histórico e Cultural de Fortaleza (Comphic) registrou o maracatu como patrimônio imaterial da Cidade em 2015. O secretário da Cultura da Capital, Evaldo Lima, reiterou: “uma das razões da belezas dessa festa é que é demonstração da cultura popular”. Grupos que passaram pela Domingos Olímpio foram contemplados por edital público da Secultfor, com investimento de R$ 916 mil. 

 

 

DESFILES
 

CAMPEÕES DO CARNAVAL
 

 

MARACATUS (SÁBADO)
1º lugar: Az de Ouro
2º lugar: Nação Palmares
3º lugar: Axé de Oxóssi
 


MARACATUS (DOMINGO)
1º lugar: Nação Baobab
1º lugar: Vozes da África (empate)
2º lugar: Rei de Paus
3º lugar: Nação Pici
 


CORDÃO
1º lugar: Vampiros da Princesa
2º lugar: Princesa do Frevo
3º lugar: As Bruxas
  

 

BLOCOS
1º lugar: Amigos do Zé
2º lugar: A Turma do Mamão
3º lugar: Doido é Tu
 


AFOXÉS
1º lugar: Filhos de Oyá
2º lugar: Omôrisá Odê
3º lugar: Obá Sá Rewá
 


ESCOLAS DE SAMBA
1º lugar: Unidos do Acaracuzinho
2º lugar: Tradição da Bela Vista
3º lugar: Corte do Samba 

BRUNA DAMASCENO

TAGS