PUBLICIDADE
Jornal
VERSÃO IMPRESSA

Marta volta com gol, Brasil abre 2 a 0, mas leva virada da Austrália

Seleção agora terá de buscar a vitória diante da Itália, na terça-feira, 18, para garantir classificação às oitavas

14/06/2019 00:27:32
Brasil ainda tem boas chances de se classificar
Brasil ainda tem boas chances de se classificar (Foto: Pascal GUYOT / AFP)

Depois de ficar fora da estreia diante da Jamaica, pois ainda não estava recuperada de lesão na coxa esquerda, Marta estreou na Copa do Mundo de Futebol Feminino. E enquanto a seis vezes melhor do mundo esteve em campo, o Brasil venceu a Austrália por 2 a 1 — e até abriu 2 a 0. Só que no segundo tempo, após a entrada de Ludmila no lugar da Rainha, as Matildas viraram o placar para 3 a 2, em Montpellier, e saíram com a vitória na segunda rodada do Grupo C da competição.

Com Marta, a seleção entrou em campo mais confiante, principalmente por ter encerrado sequência de nove derrotas ao vencer a Jamaica por 3 a 0 na estreia, no último domingo. E foi justo a meia-atacante de 33 anos quem abriu o placar, convertendo pênalti sofrido por Letícia Santos. O gol fez a craque brasileira chegar a 16 tentos em Mundiais, recorde absoluto em Copas femininas e marca igual à do alemão Miroslav Klose no masculino.

Embalado pelo gol aos 16 minutos, o Brasil foi pra cima e ampliou. Após bela jogada da lateral-esquerda Tamires, Cristiane finalizou de cabeça e marcou seu quarto gol no Mundial. A Austrália até descontou com Foord no fim do primeiro tempo, mas a etapa era brasileira.

Para o segundo tempo, o técnico Vadão tirou as duas maiores referências da seleção: Marta, que retornava de lesão, e Formiga, que recebera cartão. Já Ante Milicic mudou o posicionamento de Logarzo, que passou a jogar aproveitando as brechas dadas por Tamires. E foi pelo lado direito do ataque que as australianas construíram a virada.

Primeiro, a própria Logarzo contou com a sorte e falha de Bárbara para empatar aos 12. Depois, aos 21, Mônica desviou cruzamento para as próprias metas, em lance que foi validado após consulta à arbitragem de vídeo (VAR).

O Brasil ainda teve chances de empatar. A principal veio aos 46, em lance confuso em que a árbitra suíça Esther Staubli pediu auxílio do VAR para determinar se a zaga australiana cometera pênalti em Andressa. Em decisão controversa, o lance foi considerado normal, para queixa tupiniquim.

Apesar da derrota, o Brasil se manteve de forma provisória na liderança do Grupo C do Mundial, cuja segunda rodada será fechada hoje com o duelo entre Itália e Jamaica, às 13 horas (de Brasília), em Reims. A seleção precisa de vitória contra as italianas na próxima terça-feira, 18, às 16 horas (de Fortaleza), para garantir classificação. Duas equipes de cada grupo passam às oitavas de final, bem como as quatro melhores terceiras colocadas.

 

Copa do Mundo

Austrália

4-3-3: Williams; Carpenter, Kennedy, Catley e Kellond-Knight; Van Egmond, Yallop e Logarzo; Gielnik (Raso), Kerr e Foord (Roestbakken). Téc.: Milicic

Brasil

4-4-2: Bárbara; Letícia Santos, Kathellen, Mônica e Tamires; Formiga (Luana), Thaísa, Andressa Alves e Marta (Ludmila); Debinha e Cristiane (Bia Zaneratto). Téc.: Vadão

Local: estádio de Montpellier-FRA

Data: 13/6/2019
Árbitra: Esther Staubli (SUI)
Auxiliares: Massey Sian (ING) e Kung Susanne (SUI)
Gols: BRA - Marta (16MIN/1ºT) e Cristiane (37MIN/1ºT); AUS - Foord (46MIN/1ºT), Logarzo (12MIN/2ºT) e Mônica (contra) (23MIN/2ºT).
Cartões amarelos: BRA - Formiga, Luana e Andressa Alves.