PUBLICIDADE
Jornal
VERSÃO IMPRESSA

Ceará se garante fora do Z-4 antes da pausa para a Copa América, mas Fortaleza precisa vencer para sair

No intervalo de uma semana, o Ceará fez um ponto em dois jogos dentro de casa, enquanto o Fortaleza perdeu as duas pelejas longe de seus domínios

10/06/2019 05:24:26
Duas rodadas consideradas decisivas no planejamento dos clubes cearenses para terminar fora do Z-4 da Série A, antes da pausa da Copa América
Duas rodadas consideradas decisivas no planejamento dos clubes cearenses para terminar fora do Z-4 da Série A, antes da pausa da Copa América (Foto: Fco Fontenele/O POVO)

Duas rodadas consideradas decisivas no planejamento dos clubes cearenses para terminar fora da zona de rebaixamento da Série A, antes da pausa da Copa América. No intervalo de uma semana, o Ceará fez um ponto em dois jogos dentro de casa, enquanto o Fortaleza perdeu as duas pelejas longe de seus domínios.

Os tricolores entraram na Z-4 e precisam vencer a próxima partida para sair da zona da degola antes da paralisação do Campeonato. Já o Vovô pode até descer na tabela, mas não tem chances de terminar entre os quatro piores do torneio.

A missão do Leão era difícil. Sequência de duas partidas fora de casa contra Flamengo-RJ e Grêmio-RS na Série A, além do desgaste atuando distante de seu torcedor na final do Nordestão e nas oitavas da Copa do Brasil. Um ponto diante de qualquer um dos adversários no Brasileirão estava de bom tamanho. Da 6ª à 8ª rodada, o Fortaleza estacionou nos sete pontos e caiu de 14º para 17º colocado, o primeiro time da zona. O time tem a mesma pontuação que Fluminense-RJ e Chapecoense-SC, mas perde no saldo de gols.

Com a derrota para o Grêmio na última rodada, o escrete tricolor dependia dos resultados das partidas de Flu e CSA-AL, equipes que poderiam ultrapassá-lo. Os alagoanos empataram com o Botafogo e se mantiveram na zona. Os cariocas também ficaram na igualdade no placar no clássico contra o Flamengo, passando Leão no saldo de gols.

O revés para o Grêmio foi bastante contestado por dirigentes do Fortaleza e pelo próprio Rogério Ceni. Os cearenses levaram o gol da derrota aos 44 minutos do segundo tempo. A bronca veio da expulsão de Osvaldo.

"Você faz um jogo parelho contra um grande do futebol, que está na Libertadores, mas o homem do meio, com camisa de cor diferente, pende para um lado. É praticamente impossível vencer uma partida", disparou Ceni.

O Vovô também poderia ter se saído melhor. Fez duas partidas seguidas em casa contra o Santos-SP e o Bahia. Perdeu para o Peixe, empatou com Tricolor. Com os resultados, o Alvinegro saiu de 9º para 11º. Entretanto, o ponto conquistado garante o Ceará fora da zona de rebaixamento, independente do placar diante do Vasco, na próxima e última rodada antes da pausa da Copa América.

O técnico Enderson Moreira lamentou o empate diante do Bahia, mas aprovou o desempenho da equipe. O meia Thiago Galhardo reforçou a necessidade de voltar a pontuar contra o Cruz-Maltino, seu ex-clube.

"Importante é pontuar. Se não ganha, não perde, empate é o meio termo pra gente. Agora é jogar contra o Vasco e tentar pontuar novamente."

O Fortaleza joga a última rodada antes da Copa América contra o Cruzeiro-MG, no Castelão, na quarta. O Ceará enfrenta o Vasco em São Januário, na quinta.

BRASILEIRÃO 2019

Palmeiras 19 7 6

Santos 17 8 5

Atlético-MG 15 8 5

Botafogo 15 7 5

Flamengo 14 8 4

Bahia 14 8 4

Internacional 13 8 4

São Paulo 13 8 3

Corinthians 12 7 3

Athletico-PR 10 8 3

Ceará 10 8 3

Goiás 9 6 3

Grêmio 8 8 2

Cruzeiro 8 8 2

Chapecoense 7 7 2

Fluminense 7 8 2

Fortaleza 7 8 2

Vasco 6 8 1

CSA 6 8 1

Avaí 4 8 0

Lucas Mota

TAGS