PUBLICIDADE
Jornal

Seleção Brasileira empata com Panamá e preocupa para Copa América

| AMISTOSOS | Em apresentação decepcionante, Brasil ficou em 1 a 1 com o Panamá. Com Copa América batendo à porta, jogo foi um péssimo início de temporada

GABRIEL Jesus, assim como boa parte da equipe, fez partida apagada
GABRIEL Jesus, assim como boa parte da equipe, fez partida apagada (Foto: Miguel Riopa/ AFP)

A seleção brasileira começou muito mal a temporada de 2019. No primeiro amistoso do ano ontem não conseguiu ir além do empate por 1 a 1 contra o Panamá, em amistoso no estádio do Dragão, na Cidade do Porto, em Portugal. Ainda que tenha dominado o jogo, como era previsível e obrigatório, a equipe do técnico Tite pecou pela falta de objetividade. Não soube sair da retranca adversária. Não teve criatividade, concluiu muito pouco ao gol adversário e ainda demonstrou insegurança defensiva nas raras vezes em que foi ameaçada.

Foi um péssimo começo de ano para uma equipe que daqui a menos de três meses tentará, em casa, o título da Copa América. Neymar, que não foi convocado por causa da fratura no pé direito da qual ainda está em recuperação, foi ao Porto assistir à partida em um camarote. Detalhe: o Panamá não ganha há quase um ano e contra o Brasil obteve apenas o terceiro empate neste período - são nove derrotas, portanto.

Nem mesmo os testes feitos por Tite podem ser considerados positivos. Lucas Paquetá teve mais bons do que maus momentos e ainda fez o gol brasileiro. Mas esteve longe de encantar. Alex Telles ainda teve a seu favor o bom primeiro tempo. E Eder Militão, a rigor, não foi testado.

O meio de campo com Casemiro, Arthur e Lucas Paquetá mostrou que pode render frutos. Mas não evoluiu como esperado diante de um time bastante defensivo. Philippe Coutinho teve poucos momentos de efetividade e no segundo tempo acabou sumindo do jogo. Roberto Firmino e depois Gabriel Jesus pouco fizeram. Richarlison lutou bastante, mas perdeu gol incrível.

O Brasil era melhor e chegou ao gol aos 31 minutos. Casemiro cruzou da intermediária, Lucas Paquetá entrou por trás da zaga e emendou de primeira, ainda contando com a colaboração do goleiro Mejía para marcar. Quatro minutos depois, mesmo sem ter tido trabalho até então, a defesa do Brasil falhou, e permitiu o empate, embora com um gol irregular.

No segundo tempo, a seleção manteve o controle da bola, mas o tempo passou e o empate permaneceu. A seleção saiu vaiada de campo.

Nesta terça-feira, 26, a seleção faz o último amistoso antes de Tite anunciar o grupo que disputará a Copa América. Enfrenta a República Checa, em Praga, às 16h 45min (de Brasília), e o treinador vai escalar vários titulares. Na defesa, por exemplo, o goleiro Alisson, os zagueiros Thiago Silva e Miranda e o lateral-esquerdo Alex Sandro deverão começar a partida. Marquinhos também tem chance. (Agência Estado)

nome

TAGS