PUBLICIDADE
Jornal
Copa do Brasil

Ceará perde por 3 a 1 do Corinthians e tem missão complicada na Copa do Brasil

Ceará perde por 3 a 1 para o Corinthians e sai em desvantagem no confronto. Vovô fez bom primeiro tempo, mas caiu de rendimento

14/03/2019 02:01:24
Partida começou com 25 minutos de atraso por conta das chuvas que atingiram a Capital
Partida começou com 25 minutos de atraso por conta das chuvas que atingiram a Capital (Foto: Júlio Caesar)

Derrota amarga com participação equivocada do homem do apito. O Ceará se complicou na terceira fase da Copa do Brasil ao ser derrotado por 3 a 1 para o Corinthians, no confronto de ida, ontem, no Castelão, após noite chuvosa que atrasou em 25 minutos o início da peleja. O Alvinegro fez bom primeiro tempo - apesar de ter sido prejudicado com validação de gol irregular do Timão -, mas cometeu erros de marcação e não aproveitou chances criadas na etapa final.

Antes de a bola rolar, Lisca já havia avisado que era um jogo de "paciência" e que o time precisava ser "assertivo" diante de um adversário como o Corinthians. Em parte, a projeção do técnico gaúcho foi atendida nos 45 minutos iniciais.

Faltou aos mandantes, principalmente, eficiência. Roger abusou nos erros de finalização e passe, ainda que tenha sido mantido em campo durante os 90 minutos.

O Ceará seguiu o plano de Lisca de priorizar a posse de bola, invertendo o jogo de um lado para o outro com calma e envolvendo o rival.

Mas já aos 8 minutos de jogo, o Corinthians abriu o placar com gol irregular. Clayson, que deu trabalho à defesa cearense aproveitando brechas por trás de Samuel Xavier, lançou para Boselli. O centroavante argentino, impedido, tocou de cabeça para Júnior Urso marcar.

O gol foi o quinto sofrido pelo Ceará por via aérea. O tento, porém, não abalou o escrete alvinegro, que reagiu rápido. O Corinthians recuou a linha de marcação, enquanto o Vovô aumentou a intensidade até empatar o duelo em pênalti convertido por Juninho.

Bastante contestado pela torcida, o volante, foi festejado após gol marcado. Assim como no Clássico-Rei, o camisa 20 não comprometeu defensivamente e foi preciso nos passes, dando agilidade e fluidez à transição ofensiva dos donos da casa. Ao fim do primeiro tempo, o Ceará tinha maior posse de bola e mais finalizações.

Contudo, no etapa final, o Corinthians mudou a estratégia e passou a propor o jogo. Vágner Love saiu da ponta para atuar centralizado e o Timão ganhou em profundidade e velocidade no ataque.

A mudança surtiu efeito e o Corinthians terminou a segunda etapa com domínio amplo nos números, virando as estatísticas. Os paulistas retomaram a liderança aos 18, em contra-ataque que começou após erro de passe de Roger e terminou com gol de Love. Jadson deu números finais ao placar aos 26.

Os times se reencontram na partida da volta, em São Paulo, em 3 de abril. O Ceará precisa vencer por dois gols de diferença para levar o duelo para os pênaltis; vitória por três ou mais de vantagem garante classificação direta ao Vovô, que nunca venceu o rival como visitante. Na sequência, o Ceará tem mais um confronto difícil pela frente: Clássico-Rei, no próximo domingo.

Ficha técnica

Ceará 1x3 Corinthians

 

Ceará

4-2-3-1: Richard; Samuel Xavier, Eduardo Brock, Luiz Otávio e João Lucas; Juninho e Fabinho; Chico (Fernando Sobral), Ricardinho (Wescley) e Felipe Baxola (João Paulo); Roger.

Téc: Lisca

Corinthians

4-2-3-1: Cássio; Fagner, Manoel, Henrique e Avelar; Ralf e Júnior Urso (Richard); Vagner Love, Sornoza (Jadson) e Clayson; Boselli (Ramiro). Téc: Fábio Carille

Gols: 1T/8MIN - Júnior Urso; 1T/21MIN - Juninho; 2T/18MIN - Vagner Love; 2T/26MIN - Jadson

Data: 13/3/2019

Local: Castelão-CE

Horário: 21h30min

Árbitro: Leandro Vuaden (RS)

Assistentes: Leirson Martins e Mauricio Coelho (RS)

Cartões amarelos: Juninho (CEA); Henrique (COR)

Público: 26.199 (731 não pagantes)

Renda: R$ 684.056,00

Lucas Mota