PUBLICIDADE
Jornal
Copa do Brasil

Ceará precisa melhorar finalizações para confronto contra o Corinthians

Com bom desempenho no setor de criação, Alvinegro precisa aprimorar toque final para converter a quantidade de oportunidades criadas em gols

12/03/2019 04:05:30
Leandro Carvalho, atacante do Ceará, em lance durante o Clássico-Rei do último domingo
Leandro Carvalho, atacante do Ceará, em lance durante o Clássico-Rei do último domingo (Foto: JÚLIO CAESAR)

Mesmo com o empate, o Clássico-Rei do último domingo foi positivo para o Ceará. O Alvinegro se manteve como o único time invicto no Campeonato Cearense, garantiu a classificação antecipada às semifinais e teve boa atuação contra o maior rival naquele que foi o principal teste da equipe na temporada até aqui. Mais que isso, o confronto deixou importantes lições para a partida de amanhã, contra o Corinthians, no jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil.

Contra o Fortaleza, o Vovô voltou a pecar nas finalizações mais uma vez. Foram duas bolas na trave, além de outras oportunidades desperdiçadas. O rendimento da equipe, no entanto, agradou ao técnico Lisca. O comandante alvinegro lamentou apenas a falta de pontaria no último toque.

"Tá faltando aquele golzinho pra gente sair na frente e administrar melhor o jogo. A gente tem que ser mais assertivo nas conclusões, porque a gente tá criando. Precisa é fazer os gols", analisou o técnico.

A cobrança de Lisca tem fundamento. Nas partidas mais recentes, o time tem criado muitas oportunidades de finalização, mas tem abusado de perder gols.

Foi assim contra o Foz do Iguaçu-SC, pela Copa do Brasil, confronto em que o Alvinegro conseguiu a classificação apenas nos pênaltis, mesmo diante de um rival frágil. Contra o Sergipe, lanterna zerado do Grupo A da Copa do Nordeste, apesar de o Ceará ter vencido, a equipe acabou passando por dificuldades desnecessárias. Já no empate contra o Atlético-CE, na última quarta-feira, pelo Campeonato Cearense, o time perdeu oportunidade de vencer, o que acabou adiando a classificação antecipada no Estadual.

A maior precisão nas finalizações, porém, não é o único aspecto que deve ser corrigido no Vovô. "Não podemos sofrer tantos contra-ataques também. Precisamos estar mais encaixados nas transições, ofensivas e defensivas".

Além disso, o Ceará necessita também explorar melhor os pontos fracos dos adversários. Segundo Lisca, isso deverá acontecer contra o Corinthians.

"O Corinthians é um time que tem uma maneira diferente de jogar que o Fortaleza. Joga mais no campo do adversário, tem sistema defensivo muito forte, as linhas muito fechadas. Precisamos explorar as beiradas, que eles dão um pouco de situação ali. É melhorar isso e, principalmente, fazer os gols", destacou o treinador.

Ceará e Corinthians iniciam amanhã duelo válido pela terceira fase da Copa do Brasil. O jogo de ida ocorrerá às 21h30min, no Castelão, enquanto a partida de volta será no dia 3 de abril, em São Paulo.