PUBLICIDADE
Jornal

Carcará seca adversários para confirmar vaga nos playoffs do NBB

APESAR do calendário complicado, Basquete Cearense depende de si para se classificar
APESAR do calendário complicado, Basquete Cearense depende de si para se classificar

Tudo caminha para que, pela sexta vez em sete temporadas no NBB, o Basquete Cearense avance para os playoffs da competição. A equipe comandada por Dannyel Russo deu passo importante na luta pela classificação ao vencer o confronto direto contra o Joinville, na última terça-feira, no ginásio Paulo Sarasate. O resultado deixou a equipe estabilizada em 11ª lugar, duas posições dentro da margem de corte dos classificado, já que os 12 mais bem colocados entre os 14 clubes seguem vivos no torneio.

Apesar do cenário de relativa tranquilidade, o Carcará tem desvantagem considerável, que pode complicar a vida do time: o número de jogos a mais em relação aos concorrentes diretos. Com uma campanha de 31 pontos somados em 23 jogos, com 8 vitórias e 15 derrotas, o Basquete Cearense tem três jogos a mais que Brasília (12°colocado) e dois a mais que Vasco (13º) e Joinville (14º).

Como só tem mais três jogos a fazer e só volta a quadra daqui a duas semanas, a equipe cearense precisa "secar" os perseguidores para não ter classificação ameaçada. Começando por hoje - o Vasco entra em quadra às 19 horas contra o Paulistano. A torcida do Carcará é por vitória do time paulista, que joga em casa.

Às 20 horas, Brasília e Joinville fazem confronto direto na capital federal. O melhor cenário seria triunfo do Joinville, que tem quatro vitórias a menos que o Basquete Cearense e, no momento, não representa ameaça direta, no momento. Diferente do Brasília. Se vencer todos os jogos que tem de diferença para o Carcará, o time candango ultrapassa a equipe de Russo. Em relação ao Vasco, não há ameaça de perda de posição, já que o número de vitórias a mais dos cearenses é superior ao número de jogos em relação ao Cruz-Maltino.

Mesmo diante disso, o Basquete Cearense depende apenas de si passar de fase. A sequência final, porém, apresenta jogos duros. No próximo dia 14, o Carcará faz ou último jogo em casa na fase inicial contra o Pinheiros, atual líder do NBB. Os dois jogos finais são contra o Minas, em Belo Horizonte, e Flamengo, no Rio.

 

ANÁLISE

O Basquete Cearense convive desde o início do NBB 2018/19 com oscilações. Nos últimos 10 jogos, venceu apenas três. Contudo, foram duas vitórias nas últimas três partidas.

Bruno Balacó