PUBLICIDADE
Jornal
Judô

Fique por dentro: judô, surfe, tênis, futebol e muito mais

Mayra Aguiar, em ação durante Grand Slam de judô em Dusseldorf
Mayra Aguiar, em ação durante Grand Slam de judô em Dusseldorf

Mayra Aguiar teve dia de gala e terminou campeã do Grand Slam de Dusseldorf, na Alemanha. A brasileira subiu ao tatame cinco vezes ontem e venceu quatro lutas por ippon e uma com dois waza-aris. Na final, ela encarou Anna-Maria Wagner, atleta da casa e que contava com apoio da torcida, mas não teve forças para impedir Mayra de conquistar o ouro.

Com mais experiencia que a adversária de apenas 22 anos, a brasileira de 27 anos aplicou um o-soto-gari no finalzinho da luta para quebrar um jejum de dez torneios sem título. O caminho de Mayra até a decisão foi avassalador. Ela passou pela alemã Teresa Zenker na estreia, pela portuguesa Patricia Sampaio nas oitavas e Bernadette Graf, da Polônia, nas quartas. Na semifinal, em luta que durou incríveis 10 segundos, Klara Apotekar, da Eslovênia foi a vítima.

Além de Mayra, Maria Suellen Altheman também subiu no pódio ontem e conseguiu a quinta medalha brasileira no Grand Slam alemão. Após voltar da repescagem, Maria encarou Larisa Ceric, da Bósnia. A brasileira forçou três punições da adversária e levou a melhor. Os outros pódios brasileiros na etapa foram para Rafaela Silva (prata), Ellen Santana (bronze) e Nathalia Brígida (bronze).

Entre os homens, a melhor

Com o resultado, o Brasil ficou em segundo lugar geral na competição - apesar de ficar bem atrás do líder, Japão. Os judocas nipônicos receberam 14 medalhas, sendo nove de ouro. A terceira colocação ficou com o Azerbaijão, com um ouro e três bronzes. Ao todo, atletas de 93 países participaram do Grand Slam.

 

Jadson André campeão

Após 83 baterias envolvendo 139 surfistas, o brasileiro Jadson André conquistou o título do Oi Hang Loose Pro Contest, etapa da divisão de acesso do Circuito Mundial, disputada em Fernando de Noronha, ao superar Yago Dora na final por 16,46 a 16,10. Com o resultado, ele somou 6 mil pontos no ranking do chamado QS, a divisão de acesso, além da premiação de US$ 20 mil. Atual campeão mundial, Gabriel Medina caiu nas quartas de final.

City vence Copa da Liga

O Manchester City conquistou ontem a Copa da Liga inglesa ao vencer nos pênaltis o Chelsea, depois das duas equipes ficarem no 0 a 0 no tempo regulamentar e na prorrogação. O troféu foi para o City, mas quem roubou a cena no fim da partida foi o goleiro do Chelsea Kepa Arrizabalaga, que se recusou a ser substituído e tirou o técnico Maurizio Sarri do sério.

Firmino sai contundido

O sempre aguardado clássico entre Manchester United e Liverpool terminou sem gols e com muitas lesões. Ontem, no estádio Old Trafford, os times não saíram do 0 a 0 no duelo válido pelo Campeonato Inglês. Com o resultado, os visitantes retomaram a liderança da competição. Quatro jogadores saíram contundidos do jogo - entre eles o brasileiro Roberto Firmino, do Liverpool.

Fla passa pelo Americano

Apõs dez dias sem entrar em campo, o Flamengo voltou a atuar ontem e não decepcionou. O Rubro-Negro aproveitou a fragilidade do Americano para golear o adversário no Maracanã por 4 a 1, com um dos gols anotado por Gabriel Barbosa - o primeiro no novo clube. Foi a estreia das duas equipes na Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca.

Sérvio vence Rio Open

O sérvio Laslo Djere, número 90 do mundo, conquistou o primeiro título da ATP ontem no Rio de Janeiro. O jovem de 23 anos derrotou o canadense Felix Auger-Aliassime por 6/3 e 7/5 e ficou com o troféu. Com a conquista, ele deve saltar 53 postos no ranking, chegando virando o 37 do mundo.