PUBLICIDADE
Jornal

UFC Fortaleza teve pontos altos e baixos na organização

BALANÇO

Diferentemente da vez passada em que esteve na cidade, o UFC Fortaleza não teve casa cheia. Logo após o fim do evento, a direção do Ultimate divulgou que o público no ginásio do Centro de Formação Olímpica (CFO) foi de 10.040 espectadores. Na edição de 2017, no mesmo local, foram 14.069 pagantes - 28,7% a mais. A onda de ataques que vem ocorrendo no Ceará desde o início do ano gerou uma forte nuvem de desconfiança quanto à segurança do evento. Mas, neste quesito, o UFC não teve problemas. Com forte policiamento - beneficiado pelo fato de o show ter sido sediado no mesmo local onde estava instalada a base da Força Nacional na Cidade - na parte interna e externa, nenhuma ocorrência de médio ou grande porte foi registrada.

Na conferência pós-evento, o vice-presidente internacional do UFC, Dave Show, elogiou o nível das lutas, o hotel que recebeu staff, atletas e equipes e enalteceu o engajamento dos fãs nas atividades realizadas. "Nós sempre olharemos Fortaleza como local potencial para receber um evento ao vivo do UFC", afirmou. (Bruno Balacó).

TAGS