PUBLICIDADE
Jornal

Derrota alarmante

| Nordestão | Fortaleza joga mal e perde para o Botafogo-PB por 1 a 0 em jogo que evidencia problemas ofensivos do time de Rogério Ceni

FORTALEZA foi derrotado e perdeu a liderança do Grupo A do Nordestão
FORTALEZA foi derrotado e perdeu a liderança do Grupo A do Nordestão

O Fortaleza sofreu sua primeira derrota em 2019. Na tarde de ontem, o Tricolor jogou mal e perdeu para o Botafogo-PB por 1 a 0, no estádio Almeidão, em João Pessoa, em jogo da terceira rodada da Copa do Nordeste.

Com o resultado, a equipe de Rogério Ceni se mantém com quatro pontos, e perde a liderança do Grupo A para o Salgueiro-PE.

O Fortaleza só volta a campo pela Copa do Nordeste no dia 24, para enfrentar o Bahia, no Castelão. Antes, o Tricolor fará sua estreia no Campeonato Cearense. Na próxima quarta-feira, 6, o Leão do Pici enfrentará o Barbalha, às 20 horas, no Castelão.

Antes mesmo de a bola rolar, a escalação de Ceni despertou curiosidade pelo número de mudanças. Quatro estreantes foram titulares (o zagueiro Quintero; o lateral-direito Diego Ferreira e os volantes Romero e Gabriel Dias).

Porém, mesmo com o meio de campo povoado, o Leão do Pici mostrou limitações de articulação. Nitidamente, o time sentia falta de um "camisa 10" responsável por criar jogadas, algo que Romero, improvisado, não conseguiu fazer.

A aposta era pelos lados de campo. Romarinho e Júnior Santos tentavam municiar Éderson, que jogou centralizado como referência ofensiva, mas sem sucesso.

A melhor oportunidade do Tricolor surgiu aos 16 minutos, após cobrança de escanteio, que Júnior Santos subiu mais que todo mundo e cabeceou com perigo e o goleiro Saulo fez excelente defesa.

Sete minutos depois, a resposta do Belo veio na mesma moeda. Nando cabeceou com perigo e Marcelo Boeck fez ótima defesa, evitando o gol do time da casa.

O lance, porém, já havia sido originado de uma falha do camisa 1 tricolor, que errou o passe ao tentar sair jogando com os pés. Esse foi um dos lances em que Boeck demonstrou insegurança durante o jogo. O capitão do Leão errou bastante nas vezes que tentou sair tocando, e teve falhou em lance decisivo.

Após um segundo tempo que, assim como o primeiro, também foi foi fraco tecnicamente, o Botafogo-PB conseguiu a vitória já no apagar das luzes.

Aos 44 minutos, Fábio Alves cobrou falta, a defesa do Fortaleza parou e Boeck deu rebote nos pés de Rogério, que tocou para Paulo Renê, livre, mandar para o gol e selar o placar final.

Júnior Santos foi um dos poucos que se salvou, com boa atuação. Quintero foi regular, Diego Ferreira mostrou que pode brigar pela titularidade com Tinga e Edinho e Derley entraram bem no segundo tempo. De resto, o Fortaleza teve atuação preocupante e que deixou lições que devem servir para que erros não se repitam. (André Almeida)

TAGS
NULL